7 de junho de 2016

Paciência

Eu tenho dormido inegavelmente bem na casa de outras pessoas, tenho deixado o corpo relaxar como nunca dantes. Esse fato não aconteceria seu eu não dormisse há um tempo no sofá de casa. Tenho ouvido muito por aqui há dias, anos: “tenha paciência, minha filha! ”. Que tipo de paciência você sugere que eu tenha quando a única coisa que sinto é o corpo doer, se contorcer, não relaxar no sofá de casa. Casa, casa, casa. Ai, eu estou perdendo a paciência agora. Eu sei disso porque eu estou passando a mão no rosto, esfregando a testa, sentindo o peso dos olhos, a face rígida. Há algo muito errado nessa falácia toda.